quinta-feira , 24 julho 2014
Capa / Saúde e Beleza / Luxações traumaticas do quadril
Luxações traumaticas do quadril

Luxações traumaticas do quadril

Uma luxação é o deslocamento repentino e duradouro, parcial ou completo de um ou mais ossos de uma articulação. Sucede quando uma força atua diretamente ou indiretamente numa articulação, empurrando o osso para uma posição anormal. E luxação não é entorse.

A articulação do quadril é inerentemente estável e requer uma força considerável para puxá-la. Assim, a simples luxação do quadril ou luxação com fraturada cabeça do fêmur resulta geralmente de traumatismos de alto impacto, sendo freqüentemente acompanhados por lesões associadas que precisam ser identificadas.

Aproximadamente 95% dos pacientes que sofrem luxação do quadril, causada por acidente de trânsito, apresentam lesões associadas que exigem internação para tratamento. Além da avaliação traumatológica padronizada,é necessário realizar um meticuloso exame musculoesquelético e neurológico, e avaliação radiográfica minuciosa para que nenhuma lesão passe despercebida.

A luxação traumatica do quadril nada mais é do que esse deslocamento anormal que ocorre no quadril causado por um trauma. Geralmente ocorre em acidentes automobilisticos, onde ocorre um trauma sobre o joelho que está flexionado, acarretando a luxação no quadril. Em grande número de pacientes, essas luxações estão associadas a fraturas.

A primeira pessoa a descrever um caso de fratura-luxação do quadril foi Sir Astley Cooper, em 1791. Apesar de no passado terem sido consideradas incomuns, sua incidência vem aumentando ao longo dos anos.

As lesões ósseas frequentemente associadas incluem as fraturas da cabeça, do colo ou da diáfise do fêmur; as fraturas acetabulares; as fraturas pélvicas; as lesões do joelho, no tornozelo e no pé; além das lesões neurológicas. Lesões impostas ao joelho, inclusive a luxação posterior, a lesão dos ligamentos cruzados e fraturas da patela, são as mais comuns quando a luxação posterior do quadril é caudada por impacto direto contra o painel do veículo, no momento da colisão. Os pacientes deverão ter a coluna vertebral protegida, ate que seja radiograficamente descartada.

Um exemplo deste tipo de fratura-luxação do quadril foi o que aconteceu com o ortopedista e deputado estadual Dr. Antônio de Aguiar. Ele foi vítima de um grave acidente automobilístico, durante sua campanha eleitoral, no mês passado.

O tratamento das luxações do quadril e das fraturas da cabeça do fêmur deve ser conduzido de forma a evitar complicações, através de redução imediata da luxação e obtenção de uma articulação congruente e estável.

Diagnóstico precoce e redução imediata das luxações do quadril formam a base do tratamento ideal dessas lesões.

Pacientes politraumatizados representam cerca de 40% a 75% de todos os casos. O tratamento inicial destes pacientes deve seguir a abordagem preconizada pelo Colégio Americano de Cirurgiões, realizando-se o Suporte Avançado de Vida ao Politraumatizado (ATLS).

Segundo Dr. Adriano de Aguiar ATLS é a sigla de Advanced Trauma Life Support, que traduzido significa Suporte Avançado de Vida no Trauma. Trata-se de um programa de treinamento para médicos que lidam com atendimento ao paciente traumatizado. É um curso que consiste em aulas teóricas e práticas e ensina a:

- Avaliar rapidamente as condições do paciente;
- Reanimar e estabilizar o paciente em obediência a prioridades definidas, reconhecendo e tratando as situações de risco de vida iminente;
- Determinar se as necessidades do paciente excedem os recursos da instituição
- Providenciar a transferência interhospitalar, responsável e segura, quando necessário.

O ATLS tem suas origens nos Estados Unidos em 1976, quando o cirurgião ortopédico Dr. James K. Styner, pilotando um pequeno avião, colidiu seu avião em um campo em Nebraska. Sua esposa morreu instantaneamente e três de suas quatro crianças sofreram ferimentos críticos. Ele realizou a triagem inicial dos seus filhos no local do acidente. Dr. Styner tinha de acenar para um carro para transportá-lo para o hospital mais próximo, e chegando ao hospital, tiveram um atendimento inapropriado.

Ao retornar ao trabalho, ele começou a desenvolver um sistema para salvar vidas em situações de trauma. Elaborou-se então o curso de ATLS. Em 1980, este curso foi adotado pelo Colégio Americano de Cirurgiões e atualmente é adotado em mais de 40 países.

O Dr. Adriano de Aguiar foi aprovado neste curso (ATLS).

TRATAMENTO DA LUXAÇÃO DO QUADRIL DO DEPUTADO AGUIAR

Rodrigo Nora, colunista saúde, entrevista Dr. Adriano de Aguiar Médico Ortopedista do Deputado e Ortopedista Antônio de Aguiar

A luxação do quadril é quando a cabeça do femur se desloca da sua posição normal. São fraturas causadas por grande energia, e comumente estão associadas a outras lesões.

O tratamento consiste primeiramente na avaliação de todas as lesões existentes segundo ATLS (suporte avançado de vida no trauma).

A redução da luxação se faz necessária o mais precoce possível, pois quanto maior for o tempo entre a lesão e a redução, maiores são as chances de complicações. Uma avaliação quanto à presença de lesão vascular e nervosa se faz necessária. Lesões vasculares correspondem às piores complicações que podem estar associadas a estas lesões.

A luxação mais comum é a posterior, isto é, quando a cabeça dor fêmur se desloca para trás. Esse deslocamento pode acarretar fratura tanto da cabeça do fêmur quanto do acetábulo (parte da bacia).  Algumas vezes acarretam compressão importante do nervo ciático.

Após a cabeça do fêmur ter sido colocada no lugar, exames radiográficos são realizados para avaliação da congruência articular e da existência ou não de fraturas. Muitas vezes a tomografia se faz necessária para avaliar as fraturas do acetábulo. Importante para sabermos se a fratura apresenta muitos fragmentos e se estão desviadas.

Foi este tipo de lesão que acometeu o ortopedista e deputado estadual Antonio de Aguiar, quando foi vítima de um acidente automobilístico, ocorrido no mês passado. O Dr. Aguiar sofreu uma fratura luxação do seu quadril esquerdo. Sendo prontamente socorrido pelo corpo de bombeiros. Chegando ao hospital Santa Cruz de Canoinhas foi imediatamente atendido pela sua equipe de médicos ortopedistas.

Após exame físico e radiográfico, foi constatada a fratura luxação do seu quadril esquerdo, associada a uma compressão no nervo ciático. Foi levado então ao centro cirúrgico onde, sob anestesia, colocaram o osso do quadril no lugar.

Novos exames foram realizados para melhor avaliação da fratura, como tomografia e ressonância magnética.  Devido o acidente ter sido de alto impacto, o Dr. Aguiar acabou ficando em observação na UTI do Hospital Santa Cruz.

Foi realizado então uma junta médica para definir o melhor tratamento para o deputado.


Segundo o ortopedista Dr. Adriano de Aguiar, a fratura do acetábulo é incomum, e o seu tratamento é complexo. Depende de uma avaliação criteriosa do tipo da “personalidade” da fratura. Deve-se levar em consideração:

· Idade paciente

· Condição clinica

· Lesões associadas

· Nível de atividade

· Tipo e localização da fratura

·  Grau de desvio e de fragmentação

O tratamento optado foi a de operá-lo. A cirurgia consistiu na colocação de placa e parafuso no quadril para fixar a fratura, evitando que ela desviasse.

Após o sucesso da cirurgia, Dr. Aguiar começou a realizar tratamento fisioterápico intensivo. Segundo sua fisioterapeuta, Dra.

Rubia Bonatti de Aguiar, a reabilitação intensiva potencializou sua recuperação, favorecendo o retorno da sensibilidade e gradativa mobilidade da perna afetada.

Sem poder pisar por 40 dias, sua locomoção se deu com auxílio de uma cadeira de roda e de um andador. Após a consolidação da fratura e melhora da sensibilidade, iniciou-se o treino de marcha com o auxílio de muletas, realizando apoio progressivo da perna esquerda.

A reabilitação fisioterápica é de extrema importância, sendo muito importante a interação entre o cirurgião e o fisioterapeuta, levando a uma recuperação mais precoce e com melhores resultados.

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MASSAGEM TERAPÊUTICA PROF. RODRIGO MUZULÃO NORA PARA PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE. INÍCIO DAS AULAS DIA 9 E 10 DE OUTUBRO EM FINAIS DE SEMANA SÁBADO E DOMINGO AULAS DE 15 EM 15 DIAS NA CLÍNICA ESCOLA INTERAGE CANOINHAS. INVESTIMENTO: R$ 50,00 INSCRIÇÃO E 3 X DE 280,00 INFORMAÇÕES: 47-3624.1349 OU 8424.3226
 
Rodrigo M. Nora – Siretor Interage Ensino e Cursos Profissionalizantes na Área da Saúde
Canoinhas – Mafra e Porto União-SC
www.interagecursos.ning.com
47-3624.1349 47-8424.3226

Sobre Mega Buzz

O Mega Buzz nasceu da união dos portais Guia Europeu, Canoinhas.net e Feedback popular. Agora todos estes portais estão juntos em um lugar só, para oferecer a você o melhor conteúdo de lazer, entretenimento, diversão.

Um comentário

  1. Deslocamento da. cabeça do femo esquerdo a mais de 8 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

inMarket

Google+